Concurso de conceção abertos

O Instituto da Habitação e da Reabilitação Urbana, I. P., lançou mais três concursos de conceção com vista à seleção das equipas projetistas para a elaboração dos projetos para a construção de 3 novos empreendimentos, em terrenos de que é proprietário nos concelhos de Almada e Setúbal. As 375 habitações a construir serão destinadas, na sua totalidade, a arrendamento acessível.

Os três empreendimentos a que correspondem estes concursos são os seguintes:

  • O Conjunto habitacional São Francisco Borja (OP_02), em Almada, de 72 fogos, com um custo de construção estimado em 6.985.900 € + IVA;
     
  • O Conjunto habitacional Três Vales (OP_12), em Almada, de 142 fogos, com um custo de construção estimado em 15.741.000 € + IVA;
     
  • O Conjunto habitacional Varandas do Sado (OP_ A5), em Setúbal, de 161 fogos, com um custo de construção estimado em 19.085.600 € + IVA.

Estes concursos contam com a assessoria da Ordem dos Arquitectos – SRLVT e com a colaboração dos respetivos municípios.

Para além de estar prevista a celebração de contrato de projeto com as equipas que vençam cada um destes concursos, encontra-se igualmente prevista a atribuição de prémios pecuniários aos três projetos candidatos com melhor classificação, em cada concurso, perfazendo um total de 64.000 € em prémios.

A primeira fase do Plano Habitacional Almada Poente, lançada em 2020 contempla outros empreendimentos, sendo que em três casos os respetivos projetos estão em elaboração: o conjunto habitacional de Alfazina, o edifício habitacional da Quinta do Olho de Vidro e o conjunto habitacional de Alcaniça.